Artesanato Contra Depressão


Artesanato contra depressão:

Olá, hoje eu vou compartilhar com você minha história de superação e como o artesanato entrou em minha vida como tratamento contra depressão.

De uma carreira de Comércio Exterior a Empreendedora:

Eu sempre tive uma rotina superdinâmica e estressante, porque eu trabalhava na aérea de comércio exterior, vivia viajando e achava que não tinha tempo para doença alguma.

Depois de 11 anos vivendo dessa maneira eu casei e como quase toda mulher desejava um filho.

Depois de algum tempo descobrir que estava grávida e o sentimento materno aflorou de forma significativa em minha vida.

Passando 8 semana fui fazer a primeira ultrassonografia até que o médico achou que algo estava errado. Pediu que aguardássemos mais uma semana e repetisse o exame.

E para nossa surpresa o inesperado aconteceu, eu estava com uma gravidez anembrionária (sem embrião) e tive que me submeter a uma curetagem.

Bem, passado todo aquele sofrimento 4 meses depois eu engravidei novamente e para minha surpresa o ovulo não evoluiu e perdi o bebê novamente.

Toda aquela nova realidade levou-me a um estado de tristeza profunda e começaram a aparecer problemas físicos que se agravavam a cada dia.

Com o tempo a vontade de viver foi aniquilada e os problemas de saúde se agravaram.

Certo dia o gastro que me acompanhava sugeriu que eu procurasse um psiquiatra alegando que as dores de estômago, tonturas, mal estar que me acompanhavam todos os dias estava ligada a sintomas da depressão.

Após resistir alguns meses, resolvi procurar o especialista indicado e fui diagnosticada com depressão. Foi então que comecei um tratamento com medicação.

A medicação me causava um efeito péssimo e que me fazia sentir impotente.

Você pode estar se perguntando, sim Jane, mas quando você começou a utilizar o artesanato contra depressão?

Certo dia, em lágrimas conversei com Deus e pedir que Ele me tirasse daquele vale , que eu chamei de vale Da sombra da morte.

Após minha oração eu lembrei do prazer que eu sentia quando eu fazia artesanato e com muita coragem reunir as forças que ainda me restavam e comecei a produzir algumas poucas peças.

Assim, vendo a satisfação em ver em ver as peças prontas decidir utilizar o artesanato como forma de terapia.

Nossa vida é feita de escolhas . E eu aos 42 anos decidir que eu queria voltar a viver . Clamei a Deus que me ajudasse e Ele usou o artesanato para me tirar do vale da sombra da morte que eu vivia.

O Artesanato contra depressão:

O artesanato entrou em minha vida como terapia e como importante aliado no tratamento contra depressão.

Decidir então me qualificar, tomei cursos para aperfeiçoar algumas técnicas, como Vender Artesanato através das redes sociais e de como montar toda minha estrutura de trabalho (Blog, Fan pege e Canal no Youtube).

Saiba os curso que fizeram diferença em minha carreira de artesã >>> clicando AQUI.

Depois de algum tempo eu criei o Blog da Bela Oficial, larguei minha rotina agitada, passei a viver só de artesanato e hoje ajudo pessoas a terem seus transtornos superados com a ajuda de Deus e do, artesanato.

 

Me tornei uma professora de cartonagem, tenho uma fanpage, um canal no youtube onde dou dicas de passo a passo e empreendedorismo. Hoje estou totalmente realizada com minha carreira.

Minha missão é ajudar pessoas que queiram utilizar o artesanato como tratamento, como distração e como uma fonte de renda.

Veja minha entrevista ao programa programa kombina contanto um pouco da minha historia.

 Artesanato contra depressão:

Há um texto da Simone Guerra, que diz assim: “A depressão não escolhe ninguém a dedo. É ingrata e tem o poder de aniquilar aquela vontade de viver. É o mal do mal com vários sintomas. Não é apenas chorar 24 horas por dia, ficar deitado, se sentir apático ou triste. É não ter vontade. É não ver beleza nos dias. É dormir muito e não dormir nada. É não sorrir. É ter a sensação de estar perdido. É não se sentir satisfeito. É querer sair por ai e comprar tudo. É não se distrair. É não ter sentimentos ou emoções. É não focar em nada (…)”

 

  • Como o artesanato entrou em minha vida:

Eu sempre tive habilidades manuais e fiz muito coisa do meu casamento, fiz os convites, lembrancinhas e várias outras coisas. Depois que eu casei e resolvi que trabalharia com artigos de casamento montei a Sonhos e Requintes e comecei fazer artigos para noivas.

Quando montei o Blog da Bela Oficial e contei minha história de superação com o artesanato, jamais pensei que toda a minha história fosse ser tão parecida com a de tanta gente. Eu percebo que quem me acompanha nos cursos realmente se identificou com a minha história de vida e está – ou esteve – na mesma situação em que estive um dia”.

  • O Blog:

O Blog da Bela nasceu do desejo de ajudar pessoas utilizando o artesanato contra depressão e como ferramente para supera-la. Essa expressão nasceu sem querer. Quando estava passando pelo processo depressivo grave, ficava pensando como eu desejava me sentir bela naquele momento, por isso esse nome surgiu.

Sei o quanto é difícil sentir-se bonita, desejada, amada quando estamos com nossa alto estima baixa por um problema de depressão ou qualquer outro problema de saúde que atinga nosso emocional.

Hoje muita gente me manda mensagens agradecendo por compartilhar minha história, pelas palavras de ânimo e por tudo que eu tenho ajudado. Fico muito feliz, porque de alguma forma, eu contribuir para o sucesso de pessoas que enfrentam o mesmo que vivi .

  • Meu conselho

O meu conselho é que elas queiram ser felizes. Queiram mudar e tomar posse de suas vidas.

Saiba os curso que fizeram diferença em minha carreira de artesã >>> clicando AQUI.

Que tenham coragem para viver, amor para sentir e alegria para transformar a vida delas e de todos que as rodeiam. 

E você já foi transformada (o) pelo poder do artesanato?

Compartilhe comigo sua história.

Um beijos,

Jane Bela.

 


Share This:

Sobre o autor | Website

Apaixonada pelo poder da transformação que o artesanato proporciona, abandonei minha atividade na área de comercia exterior para me dedicar ao que amo, o artesanato!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Lilian Domingues disse:

    Onde acho régua cantoneira.
    Sou de São Paulo SP